.

Bolsonaro pode oferecer prioridade em vacinação para caminhoneiros

Fonte: UOL Economia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem perdido parte do apoio dos caminhoneiros, busca meios de recuperar seu eleitorado e também evitar que a categoria consiga se mobilizar para a greve que está sendo convocada para o próximo dia 1º de fevereiro.